Quinta, 24 Agosto 2017 13:51

Presidente da CCDRC inaugurou obras da regeneração urbana de Vouzela
Destaque

A Presidente da Comissão de Coordenação e Desenvolvimento Regional do Centro (CCDR-C), Ana Abrunhosa, inaugurou ontem, dia 23 de agosto, a 1ª e 2ª fase das obras de requalificação urbana da vila de Vouzela.

As obras de regeneração urbana começaram em 2014, com a intervenção nas ruas Comendador Correia de Oliveira, Dr. Gil Cabral, Dr. Sá Carneiro, Rua Prof. Amorim Girão, Rua dos Correios, Rua do Convento e Dr. Guilherme Coutinho. Com um investimento global de 350 mil euros, constaram de repavimentação, sinalização, colocação de contentores subterrâneos, ordenamento e criação de estacionamentos e ainda a abertura da via que permite a entrada e saída de trânsito da zona do Largo do Convento.

Já a segunda fase, que arrancou no final de 2016, compreendeu a intervenção na Rua do Convento, Travessa do Seixo, Rua do Seixo, Largo do Convento, Largo Conde Ferreira, Rua Barão da Costeia e Rua Escolar. A empreitada, orçada em 310 mil euros, constou de repavimentação, sinalização, colocação de contentores subterrâneos e ordenamento e criação de estacionamentos.

O financiamento global da regeneração urbana de Vouzela, uma obra que se estende por quatro fases, é de cerca de 1 milhão e 300 mil euros, sendo que na 1ª fase foi comparticipada pelo programa Mais Centro e nas restantes será pelo Centro 2020.

Numa cerimónia pública e muito participada, o Presidente da Câmara Municipal, Rui Ladeira, enalteceu o resultado final dos trabalhos, que na sua opinião "requalificam e dignificam os espaços públicos da vila de Vouzela, criando as melhores condições para quem aqui vive, trabalha ou para os turistas que nos visitam".

O autarca explicou ainda que o projeto da regeneração urbana vai continuar com obras de mais de 2,3 milhões de euros e que englobam a requalificação e ampliação do espaço destinado ao Polo de Criatividade, com 44 lugares de estacionamento, a Av. João de Melo, a Rua da República, a Rua Moraes de Carvalho e a Praça Moraes de Carvalho. “O projeto de regeneração ainda não está a meio, mas já se começa a mostrar aquilo que é a ambição de termos uma vila mais atrativa”, concluiu.

Para Ana Abrunhosa, presidente da CCRDC, obras como esta “permitem melhorar a qualidade de vida das populações, com maiores níveis de fruição dos espaços, incrementando o comércio local, o acesso aos serviços públicos, à cultura, entre outros”. Para a responsável, as obras inauguradas representam também o esforço e o trabalho do executivo municipal que tudo tem feito para aproveitar todas as possibilidades de financiamento disponibilizadas através da CCDRC.

Para além de uma visita às obras, a cerimónia contou ainda com a atuação do Grupo de Trajes e Cantares de Loumão.

voltar ao topo